Seja bem-vindo ao Ana de Armas Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Ana de Armas. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu acima e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Esperamos que goste e volte sempre!
“Eu queria mais”, Ana fala sobre sua vida em Cuba em entrevista à The Hollywood Reporter
postado por Ana de Armas Brasil

Ana concedeu uma entrevista e realizou um ensaio fotográfico para à The Hollywood Reporter. Veja:

Blade Runner 2049, a sequencia do icônico filme de 1982, tem sido um projeto extremamente secreto desde o início. Na verdade, quando Ana de Armas fez seu teste para o papel de Joi, a atriz cubana não recebeu o roteiro do filme, mas sim uma cena do filme Ex-Machina de 2014. E duas semanas antes da estreia da Blade Runner em 6 de outubro, Armas ainda não revelará muito sobre sua personagem: “Ela é qualquer coisa que você deseja que ela seja”.

O que sabemos é que Joi é o interesse amoroso do oficial K (Ryan Gosling) no filme, dirigido pelo diretor de ‘A Chegada’, Denis Villeneuve (e produzido por Ridley Scott). É também o primeiro papel importante de Armas, seguido por ‘Knock Knock’ com Keanu Reeves, o drama de boxe ‘Hands of Stone’ e ‘War Dogs’ de Todd Phillips. “Os sets eram incríveis. Você poderia caminhar às 6 da manhã, e nós realmente moramos em Blade Runner”, diz ela sobre o projeto que custou mais de $150 milhões, que foi gravado durante cinco meses em Budapeste. “Denis estava determinado a fazê-lo parecer o mais real possível. Ele queria que os atores se concentrassem nos olhos uns dos outros, e não nas bolas de tênis”.

Criado em Havana, de Armas estudou na Escola Nacional de Teatro de Cuba antes de se mudar aos 18 anos para a Espanha, onde estrelou várias séries de TV. Ela fala inglês com confiança agora, mas ela não aprendeu até que ela mudou para L.A. em 2014: “Eu não gosto de ficar presa, como se eu não fosse a lugar nenhum. Eu queria mais.”

Ela visita Havana quando pode (seus pais ainda vivem lá) e espera retornar com mais frequência, mesmo quando sua carreira em Hollywood florescer (em breve no thriller de ação Three Seconds com Rosamund Pike). “Eu quero estar lá mais porque há muito acontecendo, e Cuba está mudando”, diz ela. “São minhas raízes. É a minha casa”.

Fonte | Tradução – Ana de Armas Brasil

dg dg dg dg

Photoshoots > 2017 > The Hollywood Reporter