CANDIDS: Deixando uma loja em West Hollywood

Ontem, 14, Ana foi fotografada enquanto passeava com seu cachorro e deixava uma loja em West Hollywod. Vejam as fotos na galeria:

dg dg dg dg

Candids > 2017 > 14.08 – Em West Hollywood, Califórnia

SDCC 2017 | Tudo sobre o painel de “Blade Runner 2049” no evento

Confira tudo que rolou no painel de “Blade Runner 2049” na San Diego Comic-Con 2017:

dg dg dg dg
dg dg dg dg
dg dg dg dg
dg dg dg dg
dg dg dg dg

Eventos > 2017 > 22.07 | Painel de ‘Blade Runner 2049’ na SDCC

Eventos > 2017 > 22.07 | Photocall de ‘Blade Runner 2049’ na SDCC

Fotos de Fãs > 2017 > 22.07 | Na SDCC 2017

Photoshoots > 2017 > Entertainment Weekly

Redes Sociais > Instagram (Ana_d_Armas)


Continue reading

Ana é capa do mês de agosto da revista “Woman Madame Figaro”

Eba! Ana de Armas é o destaque do mês de agosto da revista espanhola “Woman Madame Figaro”. Confira os scans, bastidores e a entrevista completa traduzida:

ANA DE ARMAS
Estrela da ficção

30 é seu número da sorte. Coincidentemente, depois de mais de três décadas do primeiro “Blade Runner”, a atriz dá vida ao personagem mais intenso e complicado de sua carreira na tão aguardada sequência. Ainda não a conhece? Prepare-se para 6 de outubro…

Ana chega feliz e descontraída à antiga estação no Norte de Madrid… E isso que um motorista a deixou há muitos metros de distância da entrada. Carinhosa, se lembra do nosso último encontro e nos recebe com um grande abraço, e confessa que está encantada com sua semana na Espanha, ficando com seus amigos todos os dias. Não esperávamos menos… Dá gosto vê-la assim: tão madura, tão alegre, tão disposta… E tão linda! Qualquer um diria que ela está apaixonada. Devem ser os trinta, sim, porque está exuberante: “É um número que não entra na minha cabeça (risos), mas ao mesmo tempo tenho que reconhecer que passarei por ele durante o melhor momento de minha vida como mulher, sou perfeitamente o que eu quero, gosto de mim fisicamente, estou em paz, me sinto livre, não peço permissão e nem espero aprovação… Os 30 serão uma época super bonita, estou segura. Se não existissem os números, seria perfeito”. Ana de Armas está mais que preparada para a avalanche a espera – a partir de 6 de outubro – se tornará, graças a “Blade Runner 2049”, a tão esperada sequência do mito, uma estrela mundial.

Faz somente 4 anos que você se empenhou no seu sonho americano. Não te deixa atordoada?
Não (risos). Pouco a pouco vou trabalhando com artistas muito importantes, me envolvendo em projetos ambiciosos e em personagens mais complicados. Se fica pesado? Estou muito orgulhosa de me ver onde cheguei, pois eu sacrifiquei muitas coisas em minha vida pessoal: não estou com minha família, que vive em Cuba, não vejo amigos de lá e isso é duríssimo. No momento, isso compensa. Sempre deixei claro que essa é a minha paixão e que é onde eu quero me dedicar.

Agora você se sente mais segura, até mesmo em frente às câmeras?
Tudo continua sendo um desafio: encarar uma indústria e uma sociedade que não tem nada a ver contigo… Atuar em uma língua diferente. Faz três anos, desde quando me mudei para os Estados Unidos. Não falava nada de inglês. Nada. E mesmo assim meus agentes me enviaram para audições. Mesmo quando me rejeitavam, isso me servia para praticar… Sempre me dava medo… Agora eu começo gravar um filme nas próximas semanas – “Three Seconds”, com Clive Owen e Rosamund Pike – e não paro de estudar.

Você não ficou paralisada no primeiro dia de gravação?
Em “Blade Runner 2049” estava aterrorizada. O diretor me disse: ‘Ana, você está arregalando muito os olhos, está fora de controle!’ E isso acontecia porque quando não era minha fala eu ficava assistindo Ryan Gosling atuar como se fosse uma fã enlouquecida (risos). Eu estava tão nervosa… Não sei porque, mas meus olhos estavam quase saindo da órbita. Foi gracioso.

A sorte de ter bons companheiros nos permite dar conta de que somos de carne e osso. Tivemos um ambiente muito colaborador, um diretor com uma grande sensibilidade e aberto a provar coisas… Dessa forma nos sentimos seguros, podemos errar, voltar e tentar novamente… Com essa liberdade, esse tempo e essa dedicação, gravamos o filme em cinco meses!

Das grandes figuras com quem você já trabalhou, quem você escolheria?
Keanus Reeves (seu parceiro no suspense Knock Knock), ele é uma pessoa maravilhosa, um ser humano muito bom. Bom, e tem Ryan Gosling… os dois estão competindo.

Estes cinco meses de gravação, que foram tão duros, tão intensos e tão obscuros dentro do universo de “Blade Runner”, foi minha salvação. Porque o protagonista do filme supõe que todo mundo o segue durante a gravação: tem que ter esse espírito de equipe, de saber estar de bom humor, ter energia, pontualidade e ser profissional. Isso é o que te transforma em um líder, e ele (Ryan) é tudo isso.

Penélope Cruz e Paz Vega voltaram para a Espanha. Los Angeles é tão difícil assim?
É tudo muito grande e artificial. É difícil encontrar boas pessoas e gente que você pode confiar, formar um grupo onde você se sinta protegido. Vou embora um dia, com certeza. É uma cidade para trabalho… é muito desgastante.

E Hollywood?
Você tem que trabalhar muito duro. As pessoas pensam que tudo é questão de sorte, mas não imaginam que por trás de tudo isso existe muito trabalho, esforço, sacrifício, paciência, dias ruins, medo. Muitas vezes você sente como se não fosse o suficiente: você não é bonita o suficiente ou alta ou loira ou morena… Ou que o seu sotaque não é bom o suficiente. Essa tem sido uma luta que me mantem sã: não fingir ser alguém que não sou. Espero que meu trabalho falar por si e mude suas mentes. Nenhum dos seis personagens que eu fiz em Hollywood são latinas. Eu aprendi a defender a minha autenticidade, quem eu sou.

Olha, no outro dia eu fui para um evento de gala do American Film Institute, que homenageou Diane Keaton, e foi tão inspirador… Todo mundo estava comemorando como ela é talentosa como atriz, diretora, escritora, fotógrafa, mas o que me marcou é que, apesar de ser uma das atrizes mais importantes da história, continuaram ressaltando o quão original ela é. Ela é ela e nada mais. Eu gostaria de ser assim um dia… lá estou eu.

E nos momentos ruins, você nunca pensa: “E se eu não tivesse ido?”
Sim… Eu penso e eu não gosto. Sei que podemos ser felizes de mil formas, isso depende de você, é uma atitude que afeta a sua vida. Sei que se eu não tivesse saído de Cuba, eu estaria vivendo com a minha família, com a minha melhor amiga, com o meu afilhado, talvez eu até teria uma família porque estou morrendo de vontade de ter filhos… Mas me faltaria algo, criativamente falando. Mas no final, temos que realçar os momentos bons, porque fiz tanto para tê-los e tenho que estar agradecida, tenho tanto… Os momentos ruins são temporários; estou onde estou porque eu quero, foi minha escolha.

Você se presume frágil, mas valente, ingênua, mas decidida: como você se vê?
Valente, sim. Meu mantra vital é: Não peço e nem preciso da aprovação de ninguém. Eu sou muito intuitiva, e acho que isso que nos faz sobreviver.

Se você pudesse gravar e regravar/repetir cada cena com uma pessoa de “Blade Runner”, com quem seria?
Com Denis Villeneuve, o diretor. É uma pessoa maravilhosa. Da gosto de ver o quão humilde ele é, como ele fala e te olha, é um gênio. Ele não tem medo de mostrar que é vulnerável à dúvidas e que pode se equivocar. Espero poder repetir isso um dia.

Você está em busca de um relacionamento?
Eu não procuro um colega, eu quero um homem que me ame e é louco por mim, mas eu aprendi que, embora deve haver paixão e amor, precisamos ser uma equipe. Não pode haver ciúme, competitividade, desconfiança, porque a vida já é complicada demais e meu trabalho também, eu sei. Passar cinco meses longe de casa é difícil, mas eu quero uma pessoa que entenda isso e é difícil de encontrar.

Fonte | Tradução – Yasmim & Equipe Ana de Armas Brasil

dg dg dg dg

dg dg dg dg

Scans > 2017 > Woman Madame Figaro

Screencaps > Photoshoots > Woman Madame Figaro (2017)

VÍDEO LEGENDADO: Assista ao novo trailer de “Blade Runner 2049”

OMG! Um novo trailer de “Blade Runner 2049” – com cenas inéditas de Joi (Ana de Armas) – foi liberado, assista:

dg dg dg dg

Filmes > Blade Runner 2049 > Screencaps – Trailer 2

VÍDEO: Ana envia mensagem para o elenco da série “El Internado”

Ontem, 13 julho, foi exibido na Espanha um reencontro do elenco da famosa série “El Internado”, infelizmente Ana de Armas não pode comparecer, mas enviou uma mensagem para seus co-stars. Assista:

“Olá!!! Aqui estou eu, através de um vídeo, para dizer que vocês não imaginam como estou triste por não poder estar ai.”

“Vocês estão guardados em um lugar muito especial na minha memoria e no meu coração.

“Dizer que sinto muita falta de vocês, desejar toda sorte do mundo… E da próxima vez que eu estiver em Madri, temos que nos reunir! Vocês me devem uma!”

Ana de Armas fala sobre “Blade Runner 2049”, Cuba e muito mais em entrevista ao El Periódico

Leia a entrevista de Ana de Armas ao site espanhol El Periódico:

Ana de Armas (La Habana, Cuba, 1988) amadrinhou esta sexta o Alàbriga Hotel & Home, na praia de Sant Pol, em Sant Feliu de Guixols. Seis depois de alcançar a fama na série ‘El internado’ (Antena 3), a atriz, recém-separada de seu marido, o também ator Marc Clotet, foi para Hollywood testar a sorte, e agora, enquanto vê seu sonho americano se cumprindo, já protagonizou um total de seis filmes em três anos. O último é a esperada sequência do clássico dos anos 80 de Ridley Scott, ‘Blade Runner 2049’, que nesta ocasião será dirigida pelo canadense Denis Villeneuve, e que terá sua estreia em 4 de Outubro. Trabalhou junto a Harrison Ford, Ryan Gosling e Jared Leto.

Aos 14 anos estudou interpretação na Escola Nacional de Teatro de Cuba. Quais lembranças tem?
Foi uma época bonita. Descobri e me apaixonei pela profissão. Aprendi o que era trabalhar em equipe e a respeitar o teatro e a arte em geral.

Como foi sua infância em Cuba?
Me sentia muito livre. Tenho pais que confiam em mim e que não são nem um pouco super protetores nem possessivos. Sempre me deixaram escolher e isso me deu a tranquilidade de não decepcioná-los nem de me sentir julgada. Tive poucas coisas, minha família é muito humilde, mas fui muito feliz.

Viaja muito a Cuba?
Sempre que posso. Nunca é suficiente

O que resta daquela adolescente que alcançou o estrelato interpretando a Carolina em ‘El internado’ (Antena 3)?
Creio que não perdi a esperança. Em cada trabalho que começo, continuo nervosa e sinto as mesmas borboletas no estômago.

O que foi que levou você a fazer as malas e cruzar o oceano?
O mesmo que me fez deixar Cuba. A vontade de crescer e de encontrar projetos ambiciosos, no bom sentido da palavra.

Como foi sua chegada aos EUA?
Foi difícil. É um país difícil de digerir. Eu não falava inglês quando cheguei, fui completamente sozinha. É um processo duro, sobretudo em Los Angeles, que não é uma cidade como Nova Iorque que não para, com contato físico. Los Angeles está ilhada, mas, bem, é uma cidade que tem que dar tempo para entendê-la e gostar dela.

Mas valeu a pena. Foram três anos muito produtivos com seis filmes: ‘Knock Knock’ (2015), ‘Exposed’ (2016), ‘Hands of Stone’ (2016), ‘War Dogs’ (2016), ‘Overdrive’ (2017) e ‘Blade Runner 2049’ (2017).
Sim, a verdade é que não posso me queixar. Fiz seis filmes e agora começarei a filmar o sétimo, ‘Tres segundos’, dirigida por Andrea di Stefano. Em julho e agosto estarei filmando em Londres e Nova Iorque, e em setembro começarei a tour mundial de ‘Blade Runner’.

Você trabalhou com Robert de Niro em ‘Hands of stone’, a amizade continua?
Há muito carinho e respeito, nos damos muito bem. É uma pessoa normal, próxima, mas às vezes tímido e reservado.

E com Keanu Reeves?
Somos grandes amigos. Fizemos dois filmes juntos, mas, como não para, cada dia está em um país diferente. Tampouco nos vemos. Keanu é uma pessoa maravilhosa.

O que passou pela sua cabeça ao ser escolhida para ‘Blade Runner 2049’?
Apesar de tudo é difícil acreditar que filmei ‘Blade Runner’. É emocionante pelo o que significa fazer parte da história de um filme tão icônico, a continuação depois de 30 anos, e com um diretor como Denis Villeneuve e atores como Harrison Ford e Ryan Gosling. É incrível. Consegui o papel depois de três audições.

Como foi trabalhar junto ao seu ídolo de infância, Harrison Ford?
Era minha referência desde muito pequena, via todos os seus filmes. Foi surreal estar no set com ele.

E como foi trabalhar junto a Ryan Gosling e o resto do elenco, como Jared Leto, Robin Wright, Mackenzie Davis, Lennie James, Dave Bautista…?
Foi extraordinário trabalhar com Ryan, é muito bom companheiro. Tinhamos uma equipe incrível. Todo mundo estava muito entregue a este filme. Todos trabalhamos muito duro por cinco meses.

Fale de seu personagem em ‘Blade Runner’.
Não posso falar muito do filme. Meu personagem vai ser uma grande surpresa. É uma mulher forte, muito emocional e muito importante na vida do oficial K, o personagem de Ryan Gosling. É sua amante, sua amiga e a que o anima todos os dias quando sai de casa para trabalhar. É muito forte.

O que acha de algumas revistas que a consideram a sucessora de Penélope Cruz?
É um elogio muito grande. Penélope é uma atriz brilhante que fez trabalhos espetaculares. É muito talentosa. Se eu fosse como ela, estaria muito feliz. E que me comparem a ela me faz feliz.

Planeja voltar à Espanha?
Se eu conseguir um papel interessante, voltaria sem pensar, mas no momento não há planos para ir viver em lugar algum. Não gosto de planejar, porque depois nada sai como tem que sair.

Onde está a chave do seu sucesso?
Muita perseverança e sacrifício. Tento ser fiel a mim mesma e às minhas qualidade. Conhecer o melhor e o pior de mim, e defendê-lo. Estando em um mercado como o de Hollywood, onde há tanto talento, não posso me comparar com ninguém. Não posso fingir ser quem não sou. Aprendi a ser eu mesma, esse é meu caráter, meu sotaque, minha maneira de ver as coisas, as defendo e me seguro.

Fonte | Tradução – Larissa F.

dg dg dg dg

“Meus companheiros de ‘El Internado’ cresceram muito”, Ana fala sobre sua carreira em nova entrevista

Durante sua passagem pela Espanha, Ana concedeu uma entrevista ao site Diez Minutos. Leia o bate-papo traduzido:

Mesmo que seus companheiros de El Internado seguem a definindo como “a mesma de sempre”, a vida de Ana de Armas deu um giro radical desde que ela terminou a série de Antena/Canal 3. Morando em Los Angeles, a atriz acaba de filmar Blade Runner 2049, esperada sequência, e está pronta para embarcar em “Three Seconds”, junto com Clive Owen. Falamos com ela durante a inauguração do Alàbriga Hotel & Home Suites de Sant Feliu de Guíxols.

Como se sente sendo a madrinha de um lugar idílico?
Não conhecia muito o lugar e me lembrou muito de Cannes, tenho um sentimento de conhecer muito bem aqui. Hoje me banhei pela primeira vez em uma praia depois de um ano! Imagina minha alegria!

Muitas recordações de seu início ao voltar para a Espanha?
Sim, os lugares que fazem a gente. Foi na Espanha onde vivi muitos anos e minha carreira cresceu de repente e de uma maneira tão importante.

Elena Furiase disse que, mesmo que mais madura, segue sendo a mesma Anita de sempre. Como você evoluiu?
Por sorte, crescemos, mudamos e aprendemos com a vida, acredito que no fundo continuo sendo a mesma.

Que coisas te ajudaram a manter os pés na terra?
A família de sangue e os amigos. Eles são os únicos que me mantém em um bom lugar, tanto mentalmente quanto espiritualmente. São tuas raízes, as pessoas que te fazem te manter-se na terra.

Você é a única que teve mais êxito, diante de seus companheiros
Aparentemente eu tive um crescimento maior, mas acredito que isso é algo muito pessoal, é simplesmente outro tipo de carreira, de vida, mas acredito que eles cresceram muito como pessoas. Não se pode comparar, cada um elege seu caminho! Ter mais ou viajar mais não te faz mais feliz, te faz feliz fazer o que você quer. Eles estão fazendo o que querem fazer e estão muito bem. Muito felizes.

Como foi trabalhar com Ryan Gosling? Você foi uma das mulheres mais invejadas…
Serei quando o filme sair. Ele é um companheiro maravilhoso, muito inteligente e fez o trabalho tornar-se muito fácil.

Quando te ofereceram o papel em Blade Runner, você chorou de alegria?
Quem não choraria? Todos nós choramos. Quem não iria se emocionar quando te oferecem algo assim, participar de um dos filmes mais importante da história do cinema.

Como você se preparou para seu papel?
É tudo muito secreto, mas é muito importante na vida de Kay, o personagem de Ryan, é sua companheira que o anima todos os dias para que ele persiga seu sonho. Ela é muito valente, emocional e tem muita força.

Você terá mais ofertas de trabalho depois desse papel.
Sim, trabalho não me esta faltando. Agora, em uma semana, começo gravar Três Segundos com atores como o Clive Owen.

A nível profissional você está em um momento doce, e a nível pessoal?
Me sinto muito bem, estou onde quero estar como mulher, me sinto muito segura é muito cômoda. Eu não sinto falta de nada, me sinto muito forte e bem colocada mentalmente. Tudo está indo bem.

Você gostaria de ser mãe?
Sim, claro. Em algum momento, acredito que a longo prazo. Estou em um momento muito doce de minha carreira e com muito o que fazer. Estou conhecendo muita gente, com muitos novos projetos e aproveitando ao máximo. Ainda tenho tempo para ter filhos.

Você gosta da vida na Espanha?
Sim muito. As pessoas, a energia… Se vive muito bem por aqui.

Você planeja voltar?
No momento não, eu quero ficar em Los Angeles, mas sempre voltarei tanto para a Espanha quanto para a Cuba.

Como é viver em Los Angeles?
É bom, tem de tudo, não posso me queixar. Tenho sido acolhida muito bem.

Em qual lugar você se sente mais enraizada?
Em Cuba, sempre. É a minha casa, os primeiros muitos anos de minha vida.

Fonte | Tradução – Yasmim

Ana de Armas é confirmada no elenco de “Three Seconds”

Ana De Armas foi escalada no novo filme de Andrea Di Stefano, “Three Seconds”, baseado no best-seller de Anders Roslund e Börge Hellström. Ela irá estrelar ao lado de Joel Kinnaman, Rosamund Pike, Common e Clive Owen – que já foram confirmados no projeto.

O filme de ação foi escrito por Matt Cook, com revisões de Rowan Joffé e atualmente está sendo revisado por DiStefano. Basil Iwanyk e Erica Lee da Thunder Road Pictures estão produzindo ao lado de Wayne Marc Godfrey, Robert Jones, Mark Lane, James Harris e Ollie Madden da Fyzz Facility. A Fyzz Facility também está financiando o filme. Jonathan Fuhrman, da Thunder Road, e Shelley Browning, da Magnolia Entertainment, são os produtores executivos. Bloom está cuidando das vendas internacionais do título.

Pete Hoffman recebe a missão do FBI para ajudar a polícia sueca e entrar como prisioneiro em uma das mais notórias prisões do país, a fim de se infiltrar na máfia polonesa. Mas depois de alguns imprevistos e a morte de um policial, ele é abandonado na missão, podendo ser exposto pelo detetive do caso.

De Armas interpretará a esposa de Hoffman, Sofia, uma pequena empresária que possui uma mercearia. A atriz cubana recentemente foi vista em “Hands of Stone” com Edgar Ramirez e Robert De Niro“War Dogs” com Jonah Hill e Miles Teller. Ela também estará em “Blade Runner 2049” com Ryan Gosling e Harrison Ford, filme que será lançado nos Estados Unidos no dia 6 de outubro.

De Armas é representada pela CAA, Impression Entertainment e Grubman Shire & Meiselas.

Fonte & Fonte | Tradução – Equipe Ana de Armas Brasil

FOTOS E VÍDEO: Festa de abertura do hotel “Alabriga”

Ana de Armas na festa de abertura do hotel “Alabriga” ontem (07) em Girona, Espanha.

dg dg dg dg

dg dg dg dg

Eventos > 2017 > 07.07 – Abertura do hotel “Alabriga” em Girona, Espanha

Outros > Fotos de Fãs > Diversas

FOTOS E VÍDEOS: Ana comparece ao desfile da Armani em Paris

Nessa terça-feira, 04 de julho, Ana de Armas marcou presença no desfile da Armani Privé no Paris Fashion Week. Confiram todas fotos e vídeos da atriz no evento em nossa galeria:

dg dg dg dg

dg dg dg dg

dg dg dg dg

dg dg dg dg

dg dg dg dg

dg dg dg dg

Candids > 2017 > 04.07 – Chegando no desfile da Armani Privé em Paris

Eventos > 2017 > 04.07 – Giorgio Armani Prive Haute Couture Fall/Winter 2017-2018 

Fotos de Fãs > 2017 > 04.07 – No desfile da Giorgio Armani Privé no Paris Fashion Week

Outros > Redes Sociais > Outras

Outros > Redes Sociais > Amigos/conhecidos

Outros > Redes Sociais > Instagram (Ana_d_Armas)


Continue reading

Post Archive:

Page 1 of 5 1 2 3 4 5